FATURAS DE ELETRICIDADE E GÁS SÃO CADA VEZ MAIS ILEGÍVEIS

by Payper 04.03.2021

DIFICULDADE PARA ENTENDER A FATURA DA LUZ ASSOCIADA A PROPOSTAS COM DESCONTOS E SERVIÇOS COMPLEXOS

COMPLEXIDADE DIFICULTA COMPARAÇÃO ENTRE FORNECEDORES

Quando compramos, por exemplo, laranjas, pagamos um valor associado à qualidade e aos quilos de laranjas adquiridas, sendo fácil de entender o montante que temos de pagar.

Da mesma forma, na compra de eletricidade ou de gás, deveria ser simples saber quanto vamos pagar, permitindo uma fácil seleção entre os possíveis comercializadores, para mais, sabendo que o serviço de fornecimento de eletricidade é igual, independentemente do comercializador que escolhemos.

Em Portugal, verifica-se ser cada vez mais complexa a compreensão e comparação das faturas de eletricidade e gás. Num estudo inovador, conduzido pelo comparador Payper.pt, após uma análise detalhada a mais de 450.000 faturas submetidas, foi elaborado um ranking dos comercializadores com faturas de mais fácil compreensão, bem como um ranking dos que enviam faturas de leitura mais complexa:

TOP 3 das faturas mais complexas

  1. 1Endesa
  2. Galp
  3. EDP Comercial

TOP 3 das faturas mais simples

  1. CashBack-Power
  2. Muon Electric
  3. LuzBoa

Para a elaboração deste ranking foram tidos em conta vários fatores, nomeadamente, a quantidade de informação incluída, a existência de descontos diretos ou indireto, a forma de indicação das leituras dos contadores, e os serviços adicionais incluídos.

O estudo revela que mais de 92% dos utilizadores não consegue identificar a ordem de grandeza do valor cobrado por cada kWh consumido, nem quantos kWh consome em

média por mês. A maioria dos consumidores tem dificuldades em indicar o montante médio associado ao consumo.

Se, do ponto de vista legal, as faturas de eletricidade e gás, são cobradas com base num valor fixo – dependendo da potência contratada ou escalão de gás do consumidor, e do consumo de energia (kWh), acrescidas dos impostos e taxas aplicáveis, o estudo do Payper.pt revela que, ao longo de 2020, vários comercializadores têm vindo a lançar modelos complexos de desconto e serviços adicionais, que dificultam a legibilidade da fatura e a comparação de ofertas.

A título de exemplo, um comercializador aproveitando-se do desconhecimento, por parte dos consumidores, dos valores médios pagos no termo variável (energia) e no termo fixo, divulgou uma oferta promocional de 20% de desconto – sem divulgar a base de preços onde o desconto seria aplicado.

Agravando a situação, ao longo de 2020, diversos dos principais comercializadores começaram numa “guerra de ofertas comerciais”, tais como: a oferta de uma fatura de aniversário, descontos em cartão de compras, descontos cruzados com amigos, etc. Esta prática, dificultou, em benefício dos comercializadores, o processo de escolha e comparação dos diferentes tarifários, procurando cativar a atenção do cliente com “descontos sensacionalistas”.

Serviços de valor acrescentado

Ao longo de 2020, diversos dos principais comercializadores, nomeadamente a EDP Comercial, a Iberdrola e a Galp, incluíram diversos serviços de valor acrescentado nas suas ofertas, sendo, em alguns casos, de subscrição obrigatória para se poder usufruir de determinados descontos ou tarifários de energia.

No ano transato, o estudo agrupa a oferta de serviços adicionais essencialmente em 4 categorias distintas:

  • Serviços de assistência técnica – Este serviço, pago normalmente como um custo fixo mensal, contempla o envio de um técnico a casa do cliente para resolver um eventual problema elétrico ou relacionado com a instalação e gás. Dependendo do comercializador ou a variante do serviço, pode incluir as inspeções técnicas obrigatórias;
  • Seguro de eletrodomésticos – Alguns dos serviços propostos podem incluir um seguro para peças, ou mesmo substituição, de eletrodomésticos em caso de acidente ou avaria. Normalmente os seguros têm franquias e limites bastante baixos.

  • Seguros de saúde – Mais recentemente, com o lançamento dos Packs Living da EDP Comercial e do serviço de Assistência de Familia, da Galp, estes comercializadores começaram a oferecer seguros “básicos” de saúde, em conjunto com as suas ofertas comerciais. Normalmente estes seguros apenas contemplam um desconto nas consultas e exames médicos, não suportando grandes despesas de hospitalização ou na aquisição de medicamentos.

  • Seguros de pagamento – Este tipo de serviço, oferece um seguro que, em caso de desemprego involuntário ou morte, pode suportar as despesas de eletricidade e gás, até um determinado limite.

O Payper.pt alerta que a subscrição de alguns destes serviços é obrigatória para se ter acesso a determinados tarifários. Noutras situações, os serviços são oferecidos apenas durante um determinado período de tempo. É necessário ter em atenção, que o cancelamento da subscrição destes serviços obrigatórios nem sempre é fácil e direta,

obrigando, na maior parte das situações, ao envio de um pedido de cancelamento por escrito.

De modo a simplificar a seleção do tarifário mais adequado aos consumidores, o Payper.pt disponibiliza, de forma gratuita, ferramentas de comparação que procuram quantificar todos os descontos e promoções aplicáveis, salientando todos os serviços de valor acrescentado de subscrição obrigatória, de acordo com a informação divulgada junto ao regulador.

Através da leitura automática das faturas submetidas, a ferramenta estima a despesa anual e quantifica a poupança anual de todas as ofertas disponíveis no mercado português.